quando nasci me deste
uma pedra
um poema
e um coração
coisas que eu nunca soube usar

e te dei palavras duras feito rocha
joguei o coração na tua vidraça
e no peito escrevi um verso
que ainda não sei rimar

construí um eu
tomado pelas tuas reticências
teus presentes
tuas ausências
e teus vendavais

Anúncios