– Meu amor, são duas horas da manhã e eu te espero descalço no piso frio.

    – Meu amor, tardarei.

    – Meu amor, a minha espera é uma mistura de gripe e saudade.

    – Meu amor, esqueça.

    – Meu amor, vou velar a madrugada da cidade, que é grande.

    – Meu amor, não perca tempo na janela do sobrado.

    – Meu amor, haverá sempre uma luz acesa em minha rua.

    – Meu amor, apague meu nome do teu nome e, com ele, todas as lâmpadas, sóis e estrelas.

Anúncios