ele:

– eu queria era achar um jeito de fazer você entender o que talvez os olhos de todos os bichos e todas as cores misturadas nas telas de pintores famosos ou anônimos e todas as máquinas já inventadas nunca conseguiriam captar. eu queria era achar um jeito de você ter uma dimensão da desordem que você causa, feito chuva lateral em janela baixa. eu queria que você soubesse da confusão, da saudade, do gosto da lichia e do incômodo que são as noites. as noites são fantasmas quando estou longe de ti.

Anúncios