Música de fossa também é arte. O leitor pode até achar que estou pegando pesado e que dessa vez desci além dos limites no submundo da música de corno, mas hoje acordei com vontade de falar de uma das canções mais tristes que já ouvi em minha vida.

E escrevo sem medo, pedindo a benção de figuras como Antônio Maria e Gonzaguinha, mestres na temática da dor-de-cotovelo, para dizer que a música de fossa também tem seu espaço no meu coração. Senti isso profundamente quando ouvi How, a nem tão nova música de trabalho da cantora russa radicada em East Village, Regina Spektor.

Confesso que nunca ouvi algo tão triste e, de tão triste, tão belo. Uma daquelas músicas que fazem até a gente sentir vontade de terminar a relação só pra poder sair cantando e sofrendo pelos balcões de bares e namoradeiras de praça. Parafraseando Rubem Braga, uma música tão triste que desperta em você aquele desejo, puro e honesto, de ter nascido goiano.

Quando ouvi Adele cantando Someone like you, caminhando desconsolada pela ponte Alexandre III em preto e branco, de fato pensei que não haveria no mundo quem pudesse criar alguma música tão triste quanto aquela. Mas havia.

Com perguntas simples do tipo “como posso esquecer teu amor?” ou “como conseguirei nunca mais te ver de novo?”, Regina vai lamentando o drama de milhões de pessoas, embaladas em uma voz doce e melancólica, uma voz que chega a pedir colo entre um verso e outro.

Alain de Botton, ao comentar o pensamento de Schopenhauer, diz que o filósofo alemão foi um dos poucos a tratar do amor, dando a este sentimento a importância devida. Schopenhauer achava que estávamos certos em viver em função do amor, mas nosso erro estava em achar que a felicidade tinha algo a ver com isso.

E se a filosofia sempre foi relapsa e negligente em matéria de amor, coube à música o papel de revelar toda a tristeza e o sentimento que pode haver em um coração partido. Por isso vamos respeitar a dor de quem sofre. Vamos respeitar a música de fossa. E um abraço para a pobre Regina Spektor, um dia a dor passa.

Anúncios